Índice de bem-estar nunca foi tão estável quanto nos governos Lula e Dilma

Publicado em | Categorias: Imagem do Dia | Tags: , , .

O pesquisador Luiz Augusto Campos (IESP-UERJ) elaborou um gráfico com o índice de bem estar do cidadão brasileiro entre 1981 e 2013. O resultado é muito claro. Somente a partir dos governos PT é que se mantém de forma duradoura a tendência de aumento da renda com diminuição da desigualdade, tendência inédita na história do país nas últimas três décadas.

Leia a explicação do professor: “O gráfico mostra a relação entre as duas medidas fundamentais para o cálculo do “índice de Bem-Estar”, criado pelo economista e filósofo indiano Amartya Sen e precursor do IDH. No eixo vertical, observamos a variação da desigualdade de renda, medida pelo índice de gini. Quanto menor ele for, numa escala de 0 a 1, menor o nível de desigualdade do país. No eixo horizontal, observamos a variação na renda per capita. Ambas as séries históricas foram obtidas no site do IPEA. A linha colorida representa a trajetória do Brasil entre 1981 e 2013 de acordo com esses dois índices. Como é possível perceber, o “Bem-Estar” no país variou de forma bastante caótica entre 1981 e 2003, oscilando entre períodos de aumento da desigualdade e diminuição da renda per capita (1981 a 1983), passando por períodos de diminuição da renda com aumento da desigualdade (1986 a 1988) até períodos em que os ganhos de Bem-Estar em um ano foram perdidos no ano seguinte. Somente a partir de 2004 é que se mantém de forma duradoura a tendência de aumento da renda com diminuição da desigualdade, tendência inédita na história do país nas últimas três décadas.”


Categorias: Imagem do Dia



Criado por Prumos.com