Marcha das Mulheres Negras

Publicado em | Categorias: Imagem do Dia | Tags: , .

Brasília recebe essa semana milhares de pessoas marchando para denunciar as opressões sofridas pelas mulheres negras. Esse grupo corresponde a mais de 25% da população brasileira, mas ainda permanece excluído de diversos espaços e sujeito à condição de subalternidade em muitos aspectos.

As mulheres negras sofrem uma opressão dupla que se intersecciona: o machismo e o racismo são determinantes para suas vidas. Se o racismo já é suficiente para impor a elas uma condição de pobreza e a exclusão de espaços socialmente valorizados e da política, o machismo, além de potencializar isso, ainda traz novos elementos de subalternidade. Sua predominância na prestação de serviços domésticos remunerados e o número de feminicídios são evidências das mazelas que o machismo as impõe – e que se intensificam por conta do racismo.

No DF, por exemplo, denúncias de injúria racial são registradas diariamente. O assassinato de mulheres negras também conta com números alarmantes: cresceu mais de 50% entre 2003 e 2013 no Brasil. Além disso, sua participação nos espaços políticos não chega à metade dos já ínfimos 10% de participação de mulheres.

A Marcha surgiu para denunciar justamente essa convergência de dificuldades entre ser mulher e ser negra. A iniciativa visa aglutinar organizações de mulheres negras atuantes em todo Brasil e dar visibilidade às suas pautas e reivindicações. Por um Brasil justo, desejamos que a marcha consiga servir para promover avanços em direção a um país cada vez menos permeado pelo machismo e pelo racismo. Manifestamos nosso apoio às mobilizações e acreditamos que nelas como motores das transformações sociais que precisamos.

Paulo Pimenta,
deputado federal


Categorias: Imagem do Dia



Criado por Prumos.com